26/06/2010

Vinheta 3 - As pessoas crescidas...

A vinheta que hoje coloco contempla Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupérye e o seu livro "O Principezinho".
Saint-Exupéry nasceu em Lyon, França, a 29 de Junho de 1900. Foi aviador durante a 2ª Guerra Mundial e notabilizou-se como escritor.
O Principezinho foi o sexto livro que publicou e data de 1943.

O filme foi realizado por Stanley Donen, em 1974, para saber mais clique aqui.



As pessoas crescidas têm sempre necessidade de explicações...
Nunca compreendem nada sozinhas e é fatigante para as crianças estarem sempre a dar explicações.
x
(retirado do citador)

4 comentários:

  1. A prova acabada de que os livros não se medem aos palmos. Várias vezes sou visitada por frases deste livro, sobejamente conhecidas e repetidas, mas sempre com um inegável sentido existencial.

    ResponderEliminar
  2. O livro tem a beleza de colocar na voz de uma criança as maiores verdades.

    Não é um livro para crianças, embora, possa ser lido a crianças. É profundo, belo, enigmático e acima de tudo contemporâneo: os problemas continuam a ser os mesmos, daí ter um "inegável sentido existencial".

    ResponderEliminar
  3. Um livro marcante, ao qual se volta varias vezes na vida...

    ResponderEliminar

Arquivo