18/10/2014

Táctica y estrategia

Guerra é a pior invenção do Homem. 

Avião no
Xadrez Nazi, II Guerra Mundial, c. 1940, 
Rijksmuseum, Amesterdão


Táctica y estrategia

Mi táctica es 
mirarte 
aprender como sos 
quererte como sos 

mi táctica es 
hablarte 
y escucharte 
construir con palabras 
un puente indestructible 

mi táctica es 
quedarme en tu recuerdo 
no sé cómo ni sé 
con qué pretexto 
pero quedarme en vos 

mi táctica es 
ser franco 
y saber que sos franca 
y que no nos vendamos 
simulacros 
para que entre los dos 
no haya telón 
ni abismos 

mi estrategia es 
en cambio 
más profunda y más 
simple 

mi estrategia es 
que un día cualquiera 
no sé cómo ni sé 
con qué pretexto 
por fin me necesites.

 Mario Benedetti, El Amor, Las Mujeres y la Vida. Buenos Aires: Ediciones La Cueva, s.d. p.83-84.

Para o Manuel [Talvez assim se apazigue um pouco com Wagner]

14 comentários:

  1. Aninhasamiga

    Versos lindíssimos, xadrez lindíssimo; Wagnar lindíssimo. Continuas a publicar coisas espantosas e lindíssimas. Não sei quando e onde vais buscar a inspiração, de qualquer jeito ela também é prodigiosa.

    O meu Crónicas das Minhas Teclas continua em elaboração. Quero ver se o lançamento será até 15 de Novembro. Depois envio-te o convite e... espero por ti

    Qjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Henrique. :))
      Valeu um sorriso o seu gentil comentário.
      Beijinho.

      Eliminar
  2. Que ideia fantástica a do avião !
    Entenderão ?

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, João.
      Julgo que sim.
      Beijinho. :))

      Eliminar
  3. A Guerra é coisa de gente pouco inteligente. Não resulta nada de positivo depois de uma guerra, só um rasto de destruição.
    A guerra é uma coisa estúpida.

    Um beijinho e bom fim-de-semana:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão Isabel mas o poder e o dinheiro falam mais alto, infelizmente.
      Beijinho e boa semana!:))

      Eliminar
  4. Sim, Assusta-me mais aquele xadrez infernal do que certas imagens da guerra mais "vulgares"... Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É terrível pensarmos nas estratégias que este xadrez despoletou.
      Beijinho.:))

      Eliminar
  5. A guerra é mesmo um jogo de táctica e estratégia, onde não há vitórias... para nenhumas das partes... apenas perdas de vidas humanas... sem qualquer propósito que tal justifique.
    Depois de uma ausência mais prolongada, estou de volta à blogosfera aos poucos.
    Sabe bem estar de volta por aqui e apreciar as excelentes escolhas que por aqui se fazem.
    Bom fim de semana
    Beijos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Ana.
      Tenho gosto em a ver por aqui.
      Beijinho. :))

      Eliminar
  6. Na verdade a vida não é um jogo de damas

    é xadrez

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, nem sempre as estratégias são as melhores.
      Boa noite!:))

      Eliminar
  7. Espero que hoje consiga deixar aqui o meu sinal. Ontem por 3 vezes, depois da prosa concluída, a corda quebrou e nicles. Não me atrevo a avançar muito, não vá o diabo tecê-las.

    Assim, digo apenas, a guerra prova a tendência de retrocesso da humanidade: quando se lhe tolda a inteligência pretende provar com a força a razão que não tem.
    O xadrez nazi não vingou, apesar do desenvolvimento tecnológico de que dispunha a Alemanha a sua força bélica foi desfeita.
    Derrotados na 1.ª e 2.ª guerras mundiais diz o povo que não há duas sem três...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agostinho,
      Tudo o que afirma é pertinente. Esperemos que a 3ª não vingue.
      A Alemanha ganhou por via económica o que não conseguiu com as guerras. :((

      Boa noite!:))

      Eliminar

Arquivo