28/08/2010

Pensamentos...

Já há uns anos que não lia Vergílio Ferreira e dele só conhecia os romances e contos. Gostei bastante deste regresso e irei beber dos seus ensaios. O escritor foi ao encontro do meu pensamento sobre Sartre.
Agradeço a c.a. que me colocou este livro no caminho!
x
"Sartre é inteligente. Distrai-me a finura com que abre veredas insuspeitadas na alma humana. E esta esperteza basta-me para encher os ocos das minhas ocupações. Mas tal como Kant, Sartre esquece a vida real e histórica. É espantoso como homens deste tamanho são assim distraídos. (…) A doutrina da liberdade de Sartre creio que pode resumir-se nisto. Nós somos o que somos porque somos assim. E somos assim porque nos escolhemos deste modo".

Vergílio Ferreira, Diário Inédito, Lisboa: Quetzal, 2010 p.128

2 comentários:

  1. Não há que agradecer, Ana. O prazer foi meu.

    ResponderEliminar
  2. É sempre bom agradecer a quem nos ajuda a construir.

    ResponderEliminar

Arquivo