23/01/2011

"... faltava o mar" - A. H. Oliveira Marques

Não conheci pessoalmente o Professor Doutor A. H. Oliveira Marques, somente o conheci através dos livros que li na adolescência e não só.
A vertente pessoal e humana não conheci e não posso saber como se traduzia a sua sensibilidade. Contudo, na homenagem feita pela Biblioteca Nacional em 2007, encontrei, nestas suas palavras, o homem para além do Historiador.
x
1933-2007

http://bp1.blogger.com/_Nc1Pq_Rk3Vc/Rbf8eV4D_wI/AAAAAAAAAAY/kob-HfV6Mrg/s1600-h/Oliveira+Marques.jpg

«A um português nascido nas arribas, faltava mar. Só vi uns bocadinhos e por pouco tempo, no Norte, entre Bremen e Greifswald. Em Travemünde, perto de Lübeck, desejoso de o ver, enganei-me no caminho e dirigi-me para sul em vez de para o norte. À vista de Rügen passei horas sentado num banco. Mas era um mar que não se parecia nada com o mar português. Faltavam também gatos, não dos recolhidos e bem tratados em casa, mas dos bravios, acompanhando-nos e acordando-nos com os seus cânticos de cio. E faltava sobretudo luz, desta que, até em Portugal, só se colhe a sul de Rio Maior. »

A. H. Oliveira Marques

8 comentários:

  1. Conheci-o quase só de vista. Mas acompanhei a sua obra. Era um homem independente, corajoso e um historiador de muita qualidade. Pelo que me foi dado concluir, era, também , um homem bom.

    ResponderEliminar
  2. Conheci-o muito mal numa visita de estudo a Sevilha e creio que fiquei a saber pouco sobre ele. A minha avó paterna ainda foi aluna dele e era uma grande admiradora. Eu também o admiro muito como historiador. E gostei muito desta citação, com a qual concordo bastante. Bj e bom Domingo!

    ResponderEliminar
  3. Tive algumas aulas com o Professor Oliveira Marques, enquanto nao se decidia quem ia ser o docente de uma cadeira do terceiro ano (Historia Economica ou Politica, ja nao me lembro bem qual, acho que foi Economica). Lembro-me que fiquei com boa impressao (as aulas eram muito agradaveis pela forma como se ele se exprimia:profundidade e leveza de maos dadas) e que ele considerava a nossa biblioteca liceal. Estavamos em 92, salvo erro.
    Beijinhos, Ana
    Bom Domingo!

    ResponderEliminar
  4. Manuel Poppe,
    Tenho pena de não o ter conhecido. Deu uma aula na UC (julgo que a última antes de se jubilar[?]) mas já não andava por lá!

    Gostei de ler este Relato de Memórias porque se percebe um bocadinho da pessoa que era para além da figura conhecida e formal.
    Bom Domingo!

    Margarida,
    Que história tão gira. Também o admiro como historiador!
    Bj e bom Domingo!

    Sandra,
    Parece que é a que o conhece melhor, congratulo-a por isso. Só um sábio pode ensinar com profundidade e leveza.
    Bjs, bom Domingo!

    ResponderEliminar
  5. Por estas e por outras coisas que diz, venho deixar-lhe um "prémio"!
    AWARD
    Recebi um Sunshine Award, “concedido” ao meu blog pelo “gialli&geografie” (http://gialli-e-geografie.blogspot.com/), que agradeço, claro!
    Tenho agora que o “re-oferecer” a 12 blogues de que goste.
    Escolhi este blog!
    Pode passar no meu
    (http://falcaodejade.blogspot.com/2011/01/o-sunshine-award-dado-ao-meu-blog.html ) a recolher o prémio (um lindo girassol!) e depois tem de o passar a 12 blogs de que goste; avisar os bloguistas escolhidos e explicar o que devem fazer...
    Parabéns!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. MJ Falcão,
    Muito obrigada pela gentileza e pelo ânimo que esse presente me proporciona.
    Beijinhos! :)

    ResponderEliminar
  7. Utilizei várias vezes livros seus para trabalhos que fiz ao longo do Ensino Secundário. Um historiador a merecer inteiramente esta e outras homenagens.

    Quanto a Paris, Ana, concordo inteiramente consigo: são tantos os detalhes perfeitamente fascinantes. De tal forma que, quando me debruçava sobre o material fotográfico para postar, fui incapaz de fazer escolhas mais específicas, que fizessem realçar este ou aquele pormenor.
    É uma cidade verdadeiramente impactante!
    Um abraço e o desejo de que tenha uma boa semana!

    ResponderEliminar
  8. Sara,
    Também usei os seus livros no Secundário e pela vida fora recorro a eles.
    Um abraço e uma boa semana! :)

    ResponderEliminar

Arquivo