15/06/2016

Retratos desfeitos


James Ensor, The Skeletor Painter,
1896 - Royal Museum of Fine Arts Antwerp,
http://arthistoryproject.com/artists/james-ensor/the-skeleton-painter/


Retratos desfeitos

Dúbio como Janus,
duas caras
duas máscaras de teatro
duas faces: uma branca outra negra
pintadas com esgar,
carregadas com o peso da tinta
enganadora.

A paleta no chão,
os tubos de tinta abertos
espalhados no soalho,
o cheiro a terebentina e a
resina marcam a indefinição
abstracta surgida na tela.
Um torso?
um corpo?
ou apenas retratos desfeitos?
Retratos desfeitos.

ana

16 comentários:

  1. Retrato feito, Ana, numa interpretação poética perfeita.

    Bj.

    ResponderEliminar
  2. As telas são como a vida, pinta-se outra coisa por cima e a anterior desaparece - aparentemente; porque fica lá na mesma.
    Everybody hurts é uma bonita melodia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bea,
      Sem dúvida, as telas registam todos os apontamentos, capa sobre capa.
      Obrigada.
      Bom fim de semana.:))

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Desculpe, Ana, não sei porquê os meus comentários ficam sempre em duplicado. Quis eliminar um e acabei por eliminar os dois.

    Dizia que os retratos podem ser apenas intencionados, simulados, não mais do que isso. Quantos não passam desse estadio.

    O Everybody Hurts lindíssimo nesta interpretação.:)

    Beijinho, Ana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faz mal GL, não se preocupe.
      Obrigada.
      Beijinhos. :))

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Obrigada, Margarida. :))
      Beijinho e BFS.:))

      Eliminar
  7. Sem memória o país vibra
    já tem um ponto

    ResponderEliminar
  8. ~~~
    Não aprecio o Skelator, nem pintores de esqueletos, nem humor negro...
    Porém, o seu poema está muito bem construído e expressivo.
    ~~~ Beijinhos, Ana. ~~~

    ~Ps~ Quando arranja tempo para me visitar?
    Tenho uma publicação sobre nutrição que decerto apreciará.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Majo,
      As minhas faltas de visita devem-se a muito trabalho acumulado. Mas prometo que vou visitá-la.
      Beijinhos. :))

      Eliminar
  9. Teatro, máscaras...Seremos todos actores? Boh, diriam os italianos...
    "duas máscaras de teatro
    duas faces: uma branca outra negra
    pintadas com esgar"
    Belo quadro de Ensor! Terrível, claro, mas forte e que faz pensar.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ensor, é terrível e faz-nos pensar.
      Adoro os italianos, as duas caras foram tão bem interpretadas por eles.
      Beijinho e boa semana!:))

      Eliminar

Arquivo