09/04/2016

[Colares] As flores

Um povo que vende colares de flores e se embeleza com eles
só pode ser especial.

Goa, mercado



As flores

Era preciso agradecer às flores
Terem guardado em si,
Límpida e pura,
Aquela promessa antiga
Duma manhã futura.


Sophia de Mello Breyner Andresen, No Tempo Dividido.  Lisboa: Caminho, 1991.


21 comentários:

  1. Com o meu voto, contas, Ana !

    Um beijo florido.

    ResponderEliminar
  2. Bela esta desordem de cores nos jardins
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Nunca fui a Goa, mas gostava! Belo post :) bjs

    ResponderEliminar
  4. A fotografia é linda! Gosto de flores e de Sophia de Mello Breyner. Beijinhos! :-)

    ResponderEliminar
  5. De acordo! As flores ainda guardam essa promessa futura de algo de novo, sempre.
    Lembro que na minha cidade havia o dos das Maias e as meninas enfeitavam-se de colares e pulseiras de malmequeres amarelos e subiam e desciam as ruas, a cantar "Ó Maia ó Maia,/ ó Maia das cachopas./Por onde vai a Maia?/ vai por essas barrocas..."
    bom domingo com flores

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MJ,
      Ainda vi o desfile das Maias numa festa muito bonita, em Portalegre. Ai que saudades.
      Beijinhos:))

      Eliminar
  6. Linda a tua foto!
    Há imenso tempo que não ouvia este trio:)

    Um beijinho e bom domingo:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Isabel.
      Boa semana.
      Beijinhos. :))

      Eliminar
  7. ...por outro lado quantos jardins se desfloram para alguém usar essas corolas por algumas horas. Quanto trabalho está nelas desde a semente. Acho uma pena arrancar as flores ao seu habitat. É certo, também eu colaboro, mas se as colho, tenho o cuidado de não fazer uma razia apanho-as por onde a falta menos se sofra e até julgo que as minhas mãos se fazem cuidadosas e pedem desculpa por mim. Mas, aprecio-as em casa, a retirar-lhe o peso.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bea,
      Não consigo deixar de apanhar flores porque as adoro mas não deixo os jardins tristes, compenso no peso como refere.:))
      Boa semana. :))

      Eliminar
  8. Ainda não conheço Goa.
    Um dia destes dou lá um salto...
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro,
      É um dever, está "pertinho".
      Beijinho. :))

      Eliminar
  9. ~~~
    Só conheço Goa pelas crónicas do nosso amigo Henrique.
    Não me parece que os colares de flores sejam de uso diário,
    tenho de perguntar-lhe, porém as senhoras vestem-se com cores florais.
    Um povo muito hospitaleiro e amante do belo...

    ~~~ Que nunca acabem as flores!

    ~~~~~~~ Beijinhos, Ana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Majo,
      Por lá vi muitos homens com flores ao pescoço e mulheres com flores a adornar os penteados.
      Simplesmente usam as flores de uma forma magnífica.

      Beijinhos. :))

      Eliminar
  10. Que maravilha!
    E dinheiro e tempo para viajar?Quem me dera!
    Gostei do som e das vozes.
    beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)))
      Pois é... Agora a chuva ($) não deixa viajar.
      Beijinhos.:))

      Eliminar
  11. Há flores na boca de Sophia e é Abril.
    Lindíssimas, Ana.
    Bj

    ResponderEliminar

Arquivo