20/04/2015

Leituras... arte e outras coisas

É uma ideia maravilhosa, usar a música para criar a paz, gostava de saber que melodias vais tocar lá. Só vou afinar, não sou pianista (...).

Daniel Mason, O Afinador de Pianos. ( Tradução Isabel Alves), Lisboa: Asa, 2005 (8ª edição) p. 43.

O livro narra uma viagem à Birmânia, colónia inglesa no século XIX. O afinador, protagonista da história, vai de Londres para afinar um piano Érard a um médico militar. 

O livro faz sonhar.

Heinrich Vogeler, Die Erwartung (Träume II). O Devaneio (Sonho II) [tradução livre]
Nürnberg, Germanisches Nationalmuseum


A música é o canto dos pássaros por isso roubei a Myra o seu pássaro.

Myra Landau, Pássaro [Título meu]

Um piano Érard, construído por Sebastian Erhrard, foi amplamente apreciado pelos seguintes músicos: Beethoven, Chopin, Fauré, Haydn, Herz, Liszt, Mendelssohn, Moscheles e Verdi. 

Wikipedia



25 comentários:

  1. lindo lindo lindo TUDO!!!!!!!!! e obrigada por colocar o passarinho:):):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Myra.
      Fico contente que tenha gostado.
      Beijinhos. :))

      Eliminar
  2. tudo belo, mas gostei especialmente da pintura. Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) É muito bonita, não é?
      Obrigada, Margarida.
      Beijinho. :))

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. ~
    ~~~Uma encantadora viagem à «Belle Époque».~~~

    ~ «O Pássaro» da Myra foi muito bem amadrinhado
    e incluído. Parabéns à autora - está magnífico!

    ~~~ Uma semana muito agradável e aprazível. ~~~
    ~~~~~~~Beijinhos.~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Majo.
      Uma semana aprazível e agradável para si também.
      Beijinho.:))

      Eliminar
  5. Maravilha este post, ana
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Pedro.
      Uma boa semana.
      Beijinho.:))

      Eliminar
  6. Fiquei curiosa sobre o livro...
    A Ana torna as coisas apetecíveis!
    Magnífico post.
    Beijinhos.:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Cláudia.
      Trouxe o livro da biblioteca. É muito cativante e lê-se rapidamente.
      Beijinho.:))

      Eliminar
  7. Muito interessante! Pianos, eu adoro! E o livro deve ser engraçado!
    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria João,
      O livro é empolgante, temos vontade de não o largar. :))
      Beijinho. :))

      Eliminar
  8. É tarde para escrever tudo quanto desejaria, Ana !
    Se a pintura de Heinrich Vogeler é do meu inteiro agrado, o PÁSSARO da MYRA não lhe fica atrás !
    Quando vi o título do livro, julguei que o tinha lido.
    Todavia, perante a tua sinopse, logo me dei conta que me equivocara.
    O interesse pela sua leitura fica a dever-se exclusivamente a ti.
    É uma edição de que ano ? Qual a editora ? ( Segue...)





    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João,
      A 1ª edição em Portugal foi 2003 e é da ASA. Esta que trouxe da biblioteca é da mesma editora mas é de 2005.
      Julgo que o João ia gostar muito deste livro.
      Beijinho.:))

      Eliminar
  9. Razões que a razão desconhece ( a minha, pelo menos ), não consegui concluir no anterior comentário !
    Ao mudar de linha, tentativas diversas deram em nada ! Tudo o que teclava não aparecia...
    Prossigo, portanto, agora :

    É incrível o que tu descobres para acompanhar o que escreves !
    Este Titanium / Pavane (Piano/Cello Cover) - David Guetta / Faure - ThePianoGuys é um mero exemplo.
    Que bem acompanha olivro, Ana !

    Um beijo ( duplo).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vogeler e o pássaro de Myra são fabulosos.
      A escolha deve-se à leitura. O afinador gosta muito de Fauré. Todavia, a Pavane, em particular foi gosto pessoal.
      Beijinho.:))

      Eliminar
  10. Harmonia farta e plena.
    Que dizer mais, Ana?
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  11. Há pássaros assim

    mais azuis que os céus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Puma, azuis sim e libertadores.
      Um abraço. :))

      Eliminar
  12. Ana,
    Os seus posts envolvem-me sempre duma forma extraordinária. Grato.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, AC.
      É sempre bom vê-lo por aqui.
      Beijinho e boa escrita. :))

      Eliminar

Arquivo