10/06/2017

notivagos - os anjos também choram

Notivagos


Do novo livro da minha amiga Graça, uma escolha para o Dia de Portugal (de Camões e das Comunidades Portuguesas):

os anjos também choram

os anjos também choram
mesmo nas manhãs mais sublimes
quando o sol acorda lento e devagar
as lágrimas dos anjos
são risos e asas e brandura
homens a digladiar-se 
festas e risos falsos 
quando os anjos adormecem
são felizes e riem
porque sonham com o Éden
onde moram para sempre
e deixam de ser anjos
a afugentar monstros e lobisomens
numa corrida desesperada
de asas incansáveis
mas se já não há deuses
que importa o choro dos anjos
a derramar-se para cá das nuvens
e a fazer infelizes os homens
que sentem as suas lágrimas

Graça Alves, Da Timidez dos Homens, Coimbra: Palimage, 2017, p.42.

 

10 comentários:

  1. Belo poema o da Graça !
    Mas nunca tinha ouvido o digliar-se...

    Óptima imagem de Bilbao, Ana !

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão querido João, não existe, foi gralha minha.
      Desejo que passe uns dias bons e retemperadores.
      Obrigada.:))
      Beijinho.

      Eliminar
  2. A poesia não é talvez para compreender, mas ainda assim não entendo - ou li mal - a razão de serem infelizes os homens que sentem as lágrimas dos anjos se o choro deles "são risos e asas e brandura". Suponho que seja "digladiar-se" em vez de.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bea,
      sim era digladiar-se. :))
      O livro tem poemas muito bonitos. Escolhi este por me parecer mais próximo de notivago.
      Um dia destes coloco o meu preferido.:))
      Bom Domingo!

      Eliminar
  3. Ana, Graça, tudo me sugere que

    Há cegos que aspiram poemas
    e poemas que cegam os deuses
    - sem maçã envelhecem! -
    desfazem-se em cinza sonhos e ambições

    Os anjos são homens que choram
    - copiosamente -
    perdidos nas madrugadas
    em que se enforcam
    Por isso se apresentam
    de óculos de sol
    mal o dia os acorda
    à luz da realidade.


    Bj.

    ResponderEliminar
  4. Excelente livro de poesia
    Bj para as duas

    ResponderEliminar
  5. Também gosto do poema.
    De facto, parece que os deuses abandonaram definitivamente a Terra...
    Já troquei informações com a Graça para encomendar o livro.
    Beijinhos, Ana
    ~~~~

    ResponderEliminar
  6. Uma conterrânea nossa??
    Gostei de conhecer.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar

  7. Oh, Ana! Sempre a surpreender-me!Obrigada!
    Se me permites esclareço a Bea - risos, asas e brandura é a hipocrisia humana que faz os anjos chorar (uma guerra surda e invisível).
    Agostinho, belo cantar ao desafio, adorei!
    beijinhos

    ResponderEliminar

Arquivo