08/01/2015

Homenagem

A Georges Wolinski, Jean Cabut - o Cabu, Stephane Charbonnier - o Charb e Tignous e a todos os que pereceram por satirizarem e/ou defenderem o pensamento livre: em nome da liberdade.

Imagem daqui
Candles are lit in Paris in memory of the 12 victims

Em nome da liberdade de imprensa, homenagem à equipa do semanário
Charlie Hebdo, Paris, 7-01-2015

A liberdade de expressão é o coração da humanidade
Salman Rushdie

14 comentários:

  1. A barbárie continua, ana.
    Revoltante!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Pedro.
      Faz muita impressão.
      Beijinho.:))

      Eliminar
  2. É trágico pelos que pereceram. É lamentável pelo que pode levar a acontecer em termos das tendência sempre latentes de xonofobia europeia, que tão maus resultados deram no passado -- e não foi assim há tanto tempo...

    Boa tarde, cara ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, Xilre.
      Disse tudo.
      Obrigada pela sua visita.:))

      Eliminar
  3. A Europa é uma senhora velha disse o Papa Francisco. A mãe não terá paz se tiver a mão firme, não pode obter o amor que os filhos recusam dar-lhe, por mais condescendente que seja. Se não houver mudança de atitude a xenofobia e o racismo aumentarão e chegaremos ao caos em pouco tempo, Não se trata de conflito de religiões mas sim de problemas políticos mal resolvidos. São terroristas manipulados por interesses mais ou menos ocultos que procuram instalar o medo.
    O problema é tão religioso como o conflito católicos-protestantes na Irlanda do Norte.
    Muito boa noite e bom sono.

    ResponderEliminar

Arquivo