21/12/2010

Aceita o Universo

Hieronymus Bosch, O Jardim das Delícias (com os dois volantes fechados), 1500 a 1504, segundo algumas citações.
Museu do Prado, Madrid

Aceita o universo
Como to deram os deuses.
Se os deuses te quisessem dar outro
Ter-to-iam dado.


Se há outras matérias e outros mundos —
Haja.

Alberto Caeiro, In Poemas Inconjuntos, In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Fernando Cabral Martins, Richard Zenith, 2001

7 comentários:

  1. Gosto muito de Alberto Caeiro e também de Bosch. Bj!

    ResponderEliminar
  2. Olá Margarida,
    Muito obrigada, também gosto de ambos. E gosto de ver o Jardim das Delícias fechado porque ao abrir há inúmeras surpresas.
    Bj!

    ResponderEliminar
  3. Manuel Poppe,

    Muito obrigada, a sua visita foi uma boa surpresa.

    JPD.
    Muito obrigada, votos também de um FeliZ Natal e obrigada pela surpresa.

    ResponderEliminar
  4. Mar Arável,

    Eu é que agradeço a sua constante criatividade.
    Feliz Natal!

    ResponderEliminar

Arquivo