30/12/2017

(H)oje "EROS E PSIQUE"

Para todos,
HOJE,
o desejo
de um FELIZ ANO NOVO!
(Um especial bem-haja pela Vossa Visita, em breve, regressarei)


EROS E PSIQUE

... E assim vedes, meu Irmão, que as verdades que vos foram dadas no Grau de Neófito, e aquelas que vos foram dadas no Grau de Adepto Menor, são, ainda que opostas, a mesma verdade.

Do ritual do grau de Mestre do Átrio na Ordem Templária de Portugal


Conta a lenda que dormia 
Uma Princesa encantada 
A quem só despertaria 
Um Infante, que viria 
De além do muro da estrada. 
Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera.
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado.
Ele dela é ignorado.
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino —
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E, vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora.
E, inda tonto do que houvera,
A cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.

s. d.

 Fernando Pessoa. (Nota explicativa de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1942 (15ª ed. 1995), p. 237.

[1ª publ. in Presença , nº 41-42. Coimbra: Mai. 1934.]

12 comentários:

  1. Bom Ano 2018 repleto de boas leituras!
    Muito bom dia!

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada, MR!
      Os meus votos de um feliz Ano para si!:))

      Eliminar
  3. Feliz Ano Novo, Ana! Que te traga tudo o que mais desejares!
    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Isabel. Faço meus, os teus votos, para te desejar um Feliz Ano!:))
      Beijinhos.

      Eliminar
  4. Fantástico poema! Eu adoro o mito de Eros e Psique - esta versão de Fernando Pessoa deixou intrigada. Beijinhos e Feliz 2018!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto muito, é intrigante, sim...
      Achei que ligava com a foto e com o início de um ano novo.
      Feliz Ano para si, Margarida.
      Beijinhos.:))

      Eliminar
  5. Linda a música. E o poema de Pessoa tão intrigante e de múltiplo sentido. E contudo, talvez certo. E o único destino seja de cada um consigo e nos outros nos procuremos a nós. O que não deixa de ser terrífico, porque eles existem mesmo e são outros.
    Bom ano de 2018. Obrigada pela companhia e pelo fino gosto musical e poético com que a Ana vai perfumando a sua janela.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Bea pelas suas palavras tão gentis e retribuo com o gosto que tenho em a ler por aqui.
      Um abraço e bom 2018!:))

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Pedro,
      Bom Ano!
      Boa semana e vamos ver se começo aos poucos a aparecer e a visitar condignamente todos.
      Beijinhos. :))

      Eliminar

Arquivo