01/08/2020

A ver o mar para "As sílabas de Amália"

A ver o mar, Salvador-Baía



A linha do horizonte atrai e chega a ser hipnótica.
 Isto é, prende o nosso olhar até nos perdermos em memórias.

[*Troca de dia 1 por dia 18, uma troca imperdoável].


Eu queria dar-te  um Fado

Eu queria dar-te  um Fado
com todo o sol de Lisboa
e aquele canto salgado 
que há em Camões e Pessoa
e é o som do mar quando ecoa
no tom do poema e do fado.

Eu queria dar-te um fado
com palavras por dizer
e o amor não encontrado
que só pode acontecer
quando a cidade tremer
no poema do teu fado.

Eu queria dar-te  um Fado
com o que vi e ouvi
no país imaginado
que sendo longe é aqui
e te leva além de ti
dentro do teu próprio fado.

Manuel Alegre, As Sílabas de Amália. Lisboa: D. Quixote, 2020, p. 55

* para a Isabel

Com a cortesia do youtube

1 comentário:

  1. Ah!Ah!Ah! Fica o assunto já arrumadinho!
    Muito obrigada, Ana. Gostei muito e dia 18 cá voltarei a agradecer.

    Beijinhos e um bom domingo:))

    ResponderEliminar

Arquivo