15/11/2022

Felicidade!


 João Menéres,

Parabéns!

Felicidades e muitos anos de vida. Um dia Feliz.

 


:))

Desafio: é no Porto, donde será?



Elisa and Lia playing a concert waltz by Luperce Miranda, called "Quando Eu me Lembro"

Cortesia do Youtube




16/10/2022

Memórias

 Querida MJ

Desejo que tenha um fim de dia feliz!

Parabéns!



Adeus, desapontamentos e tristezas. Que importam os homens aos rochedos e às montanhas?

                                                Jane Austen


Queen, the last song cortesia do Youtube



18/08/2022

Viagem pela pintura do século XIX (II) - para uma amiga

Parabéns Isabel!
Desejo que passes um dia feliz e rodeada de beleza.


 Berthe Marie Pauline Morisot nasceu em 1841 e faleceu em 1895. 
Na tela observo a inocência e o prazer de estar em comunhão com a Natureza. Sinto a luz, a cor e a  pincelada que a une ao círculo de pintores


impressionistas franceses.

Berthe Morisot,  Pastora nua deitada, 1891
Museu Thyssen-Bornemisza, Madrid





 

09/08/2022

Viagem pela pintura do século XIX (I)- Anunciação

Ao revisitar o museu Thyssen com o propósito de ver "Os Americanos na coleção Thyssen-Bornemisza" e "Alex Katz" encontrei esta Anunciação (pintura francesa) que me encantou. Émile Bernard foi amigo e trocou correspondência com Van Gogh*. Nasceu em Lille em 1868 e faleceu em Paris em 1941. Para além de Vicent van Gogh corespondeu-se com Gauguin e Cézanne*... e  com outros artistas**.
https://en.wikipedia.org/wiki/%C3%89mile_Bernard

    O que me agradou nesta tela foram as expressões difusas, as cores, o manto da Virgem e a rosa azul.

Émile Bernard - Anunciação, 1890, Museu Thyssen-Bornemisza, Madrid


Como é apresentado no museu. 
Não está centrado, nem direito, porque estavam algumas pessoas a observá-lo. Não gosto de incomodar.


Bom dia a todos e desfrutem das férias!

*Vincent van Gogh- Les Hommes d'aujourd'hui, no. 390, (1891) reprinted in: Lettres & Recueil (1911), pp. 65–69;

Paul Cézanne- Les Hommes d'aujourd'hui, no. 387

** Lettres à Émile Bernard de Vincent van Gogh, Paul Gauguin, Odilon Redon, Paul Cézanne, Elémir Bourges, Léon Bloy, G. Apollinaire, Joris-Karl Huysmans, Henry de Groux, Editions de la Nouvelle Revue Belgique, Brussels 1942;

Neil McWilliam (ed.), Émile Bernard. Les Lettres d'un artiste (1884–1941), Les Presses du réel, Dijon, 2012, an edited selection of 430 letters covering the entirety of the artist's career.

14/07/2022

O sentido do cheiro - muitas flores...

Para a Cláudia e a Alexandra,
muitas flores ...  



O Olfato (pormenor), Peter Paul Rubens e Jan Brueghel o Velho. 1617-1618. Museu Nacional do Prado


Recorte a partir do original em https://virusdaarte.net/rubens-e-jan-bruegel-o-velho-alegoria-do-olfato

« Na Sala 83 do Edifício Villanueva do Museu do Prado estará patente, de 4 de abril a 17 de julho, uma inovadora exposição, em que o público poderá cheirar dez fragrâncias diferentes enquanto desfruta do quadro O olfato, de Jan Brueghel e Peter Paul Rubens.

Este quadro, datado de entre 1617 e 1618, é uma das colaborações entre estes dois pintores flamengos, e insere-se na série Os sentidos, com figuras alegóricas representando cada um dos sentidos, e representa uma mulher nua, presumivelmente Vénus, que cheira um ramo de flores que lhe é oferecido por um querubim. Ambas as personagens se encontram rodeadas por uma bucólica paisagem que recorda o Éden, em que sobressaem todo o tipo de flores e de árvores, mas também outros elementos relacionados com o mundo do perfume, como luvas aromatizadas, uma civeta...»

https://www.esmadrid.com/pt/agenda/essencia-um-quadro-uma-exposicao-olfativa-museu-do-prado

 Peter Paul Rubens e Jan Brueghel o Velho. O Olfato, 1617-1618. Museu Nacional do Prado

https://virusdaarte.net/rubens-e-jan-bruegel-o-velho-alegoria-do-olfato

Não vou poder participar nesta sensação olfativa, com muita pena. Porque é que estas atividades não decorrem em Agosto?



15/06/2022

Caravaggio em Dublin- Onde eu gostaria de estar agora!

 Onde gostaria de estar agora...

Caravaggio, Michelangelo Merisi,  A Captura de Cristo / O Beijo de Judas, está em exposição na Galeria Nacional da Irlanda, Dublin, Irlanda.



The Taking of Christ (1602) was discovered in August 1990, in the dining room of one of the houses of the Jesuit Fathers on Leeson Street, Dublin, by Sergio Benedetti, senior conservator in the National Gallery of Ireland.

13/02/2022

Para uma amiga...

 Parabéns Alexandra!

Desejo que viva muitos anos feliz e que o dia 10 Fevereiro se multiplique por muitos.

Como se está a aproximar o Valentine's Day, escolho esta dança para o homenagear.

Auguste Renoir, Danse à la campagne, En 1883, Musée D'Orsay



© Musée d’Orsay, Dist. RMN-Grand Palais / Patrice Schmidt

Um tango -La Cumparsita composta por Gerardo Matos Rodriguez.



31/12/2021

Feliz Ano Novo! Muita gratidão...



Feliz Ano Novo!

Graças mil
a quantos me fizeram chegar estes momentos de alegria.
E
a todos os que me visitam
um ano de 2022 cheio de vida, saúde, graças e beleza!


Aguarelas, presente criado pela minha tia Ivone Mendes

Presentes de amigas/o
MR, Isabel, E.I., Cláudia e Alexandra da Livraria Lumière


Virei mais tarde falar de cada um deles.

A primeira aguarela da minha tia intitulei-a: 
Para além da curva da estrada, o belíssimo poema de Alberto Caieiro que serve para um início de ano...


Para além da curva da estrada

Para além da curva da estrada

Talvez haja um poço, e talvez um castelo,

E talvez apenas a continuação da estrada.

Não sei nem pergunto.

Enquanto vou na estrada antes da curva

Só olho para a estrada antes da curva,

Porque não posso ver senão a estrada antes da curva.

De nada me serviria estar olhando para outro lado

E para aquilo que não vejo.

Importemo-nos apenas com o lugar onde estamos.

Há beleza bastante em estar aqui e não noutra parte qualquer.

Se há alguém para além da curva da estrada,

Esses que se preocupem com o que há para além da curva da estrada.

Essa é que é a estrada para eles.

Se nós tivermos que chegar lá, quando lá chegarmos saberemos.

Por ora só sabemos que lá não estamos.

Aqui há só a estrada antes da curva, e antes da curva

Há a estrada sem curva nenhuma.

s.d.

“Poemas Inconjuntos”. Poemas Completos de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa. (Recolha, transcrição e notas de Teresa Sobral Cunha.) Lisboa: Presença,

 

1994.

  - 129.
Que este cenário mude em 2022!
Cortesia Youtube

16/11/2021

Para um amigo


João Menéres

 Parabéns e muitas felicidades!

Foto: cortesia do pinterest

Fotografar, é colocar na mesma linha, a cabeça, o olho e o coração
Henri Cartier-Bresson

Viva a Vida, viva o amor, viva a arte!

«L'amour est un oiseau rebelle" (Elina Garanca)»
 

03/11/2021

Para uma amiga

 Parabéns, Margarida!

O dia está quase a terminar, resta-me desejar um serão muito feliz

 e que se repita por muitos e bons anos.


Victor Petré Still life , c. 1960



https://www.pamono.eu/still-life-painting-on-canvas-by-victor-petre-belgium-1960s




29/08/2021

In memoriam...

Charlie Watts partiu. O que acontecerá aos Stones?

A energia da banda é eterna!
(2006)


https://www.noticiasdecoimbra.pt/baterista-charlie-watts-dos-rolling-stones-morre-aos-80-anos/

24/08/2021

Memórias "pelo passado pátrio". Homenagem a A. H. Oliveira Marques



http://fabricadesites.fcsh.unl.pt/ghispanicas/2019/05/08/antonio-de-oliveira-marques/

HISTÓRIA de PORTUGAL

Vol I - Das Origens às Revoluções Liberais

Vol. II -Das Revoluções Liberais aos Nossos Dias

OLIVEIRA MARQUES, Palas Editora, Lisboa 1977- 7ª edição

 Manual para uso de estudantes e outros curiosos pelo passado pátrio.

PREFÁCIO

Esta História tem uma pequena história. 
No Verão de 1967, passei dois meses em Nova York, leccionando na Universidade de Columbia. Pouco antes de partir para a Europa, já em férias, almocei com três colegas americanos, todos eles interessados por temas portugueses. Falou-se em histórias de Portugal em inglês, nos três ou quatro manuais existentes, contra os quais eu me insurgi com veemência. Enfaticamente declarei que nada havia de recomendável, nada, em boa verdade, que um professor de história de Portugal pudesse aconselhar aos seus alunos como obra de conjunto. Nem em inglês, nem em português, 
acrescentei. [...]

O Professor Doutor A H Oliveira Marques escreveu  a História de Portugal tendo acordado com a Universidade de Columbia fazer uma edição não só inglesa mas também portuguesa.

Neste dia 23 de Agosto de 1933, ano do nascimento do historiador, este prefácio contado pelo próprio é a melhor homenagem que pude encontrar. 

  


18/08/2021

Parabéns Isabel!


 Parabéns Isabel! 

Desejo que tenhas um dia muito feliz.

Que a beleza dos Elfos te acompanhe sempre.

Paul Sérusier, Ronde des Elfes, s.d.


https://magazine.interencheres.com/art-mobilier/a-oeuvres-de-paul-serusier-maurice-denis-henri-martin-antoine-bourdelle/

http://www.comite-serusier.com/catalogue-raisonne-paul-serusier/ronde-des-elfes/

 

04/08/2021

A pintura e a moda!

 Regozijo-me com a ideia de que a pintura que está nos museus chegue a um maior número de pessoas. Também, é óptimo que os museus ganhem com essa visibilidade para convidarem as pessoas a visitá-los e a ser seus mecenas sem grandes custos.  A t-shirt que observam vende-se numa loja para teenagers e tem um custo módico. Parabéns aos seus mentores.

Bartolomé Perez, Vaso com flores, 1689-1691,
Museu do Prado, Madrid 
 

https://www.museodelprado.es/en/the-collection/art-work/flower-vase/ea5b51a6-ff09-4f2c-925d-82726f204565

 Michael Praetorius (1571-1621)

04/04/2021

Boa Páscoa!

Desejo a todos uma 

Páscoa Feliz!

El Greco, Ressurreição, Museu do Prado, Madrid


https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:El_Greco_-_The_Resurrection_-_WGA10530.jpg



 

21/03/2021

Em honra da árvore e da Primavera!

Video (Concurso BiblioFimes Festival 2011-nota:limite de tempo de 3.14)

https://bibliobeiriz.wordpress.com/2015/03/15/a-arvore-de-sophia-de-mello-breyner-andresen-reconto/


Nota: Este reconto eminentemente visual apoia-se em estampas japonesas na sua maioria do séc. XIX. Uma compilação articulada que resultou da vontade de identificar cabalmente as quatro estampas japonesas que ilustram o texto de Sophia de Mello Breyner Andresen, no livro editado originalmente pela editora Figueirinhas em 1985, num arranjo gráfico de Armando Alves.

Em 2013, a Porto Editora reeditou esta obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, com ilustrações de Teresa Lima.

10/02/2021

Para uma amiga



 Parabéns Alexandra, um dia muito feliz!

Ambrosius Bosschaert, o Velho, Flores, 1614



Deixo aqui este pintor flamengo para que as flores cheguem ao destino e o perfume se espalhe enganando o espaço virtual. :))

Este confinamento não nos deixa arranjar uma surpresa. :((

Graças ao Youtube um pouco de alegria





27/01/2021

Le poème/ Poesis



Monde  lointain

toujours plus lointain

sous le soleil radieux

                                    Mizuhara Shûôs, p. 27

Obrigada MR



SOU A PALAVRA

Sou a palavra

o verso

a estrofe e o poema

o Sete-Estrelo da alva

Aquela

em quem dói o tempo

e só a poesia salva


Maria Teresa Horta, p.65

Obrigada Cláudia e Alexandra da Livraria Lumière

Com a gentileza do youtube


25/01/2021

"Na substância do tempo"

Edgar Degas, Ensaio de dança na Ópera, na Rua Peletier, 1872
Coleção do Museu d' Orsay



Obra inserida no programa "Na Substância do Tempo" em homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen. 

Coreografia: Vasco Wellenkamp e Miguel Ramalho 

Ensaiadoras: Cláudia Sampaio e Liliana Mendonça 

Cenografia: Emília Nadal 

Música: Franz Liszt (excerto) e Prelúdios 23 e 32 de Sergei Rachmaninoff 

Figurinos: Liliana Mendonça 

Luzes: Ricardo Campos 

Bailarinos: Carlos Silva, Catarina Godinho, Francisco Ferreira, Maria Mira, Miguel Santos, Pedro Garcia, Ricardo Henriques, Rita Baptista e Rita Carpinteiro Bailarina estagiária: Íris Runa

Um agradecimento especial para Prosimetron, Palavras Daqui e Dali e Memórias e Imagens! :))

23/01/2021

In memoriam

 Do Professor Doutor A. H. Oliveira Marques




Lembrar é ver e rever o seu pensamento Histórico!


06/01/2021

Homenagens no novo ano!

 Homenagens no novo ano a João Cutileiro que aprecio e a Carlos do Carmo.

João Cutileiro, Menina do colar (pormenor)

Museu Calouste Gulbenkian

João Cutileiro (1937-2021) Pormenor da obra Menina do colar, 1965 © Paulo Costa
https://gulbenkian.pt/noticias/joao-cutileiro-1937-2021/

S/ título - Fundação Calouste Gulbenkian


Carlos do Carmo 

21/12/2020

Feliz Natal!

Desejo a todos,
 um 
Feliz Natal
e um
Ano Novo muito próspero em saúde e alegria!

Por e-mail recebi da Fundação Oriente a segunda imagem aqui apresentada. Não conhecia este biombo mas achei-o tão belo que fiz dele o meu postal de Natal.

Biombo de Coromandel, séculos XVII - XVIII, 
China, |Colecção da Fundação Oriente

Detalhe: “Cantores anunciam o Nascimento de Jesus”
Foto: Hugo Maertens, Bruges

Num dia cansativo como o de hoje, esta canção fez-me sorrir...

No entanto a música de Natal que acho mais apropriada ao momento que vivemos é esta:
Fairytale of New York


16/11/2020

Para um amigo

 Mil parabéns 

 uma vida plena de novos olhares!

Uma dia muito feliz.:)) 


https://www.bertrand.pt/livro/porto-meu-joao-meneres/23677932





Arquivo